Acesse nossa Loja Virtual para a adquirir o disco físico.

MM0008 – Guarda de Moçambique da Nova Gameleira de Belo Horizonte – MG (2007)

Perto do ano de 1960, Maria de Lourdes dos Santos, como forma de pagamento pela cura de seu filho Geraldo Evangelho, funda a Guarda de Moçambique de Nossa Senhora do Rosário, que ficava na antiga Rua dos Pretos na Vila dos Marmiteiros, Bairro da Gameleira, sua família e de seu marido eram de Itaguara (MG) e já participavam de Congado há várias gerações, seu marido José Sabino da Costa foi Capitão de uma Guarda de Marujo em Itaguara (MG), mas infelizmente quando Maria de Lourdes funda o Moçambique, ela já havia falecido e seu sogro José Sabino Velho era Capitão de Moçambique na mesma cidade e vários outros membros da família faziam parte de congado.

Todo esse amor pelo Congado vai ser trazida para Belo Horizonte por essas pessoas e por todas as outras que vão formar essa Irmandade. Recentemente reencontraram Raimundo, sobrinho de Maria de Lourdes em uma guarda de Congado em Itaguara. Além de Maria que se torna a Rainha Conga, Zé Faustino (Bigode) Primeiro Capitão, Zé Martins, José Olício Rocha, marido de sua filha Maria Alice, atual Rainha Conga e seus filhos que na época eram pequenos gostavam de brincar de tocar Moçambique na lata de doce, Jairo, Geraldo que se tornam os primeiros caixeiros da Irmandade e até hoje são e João Eustáquio que foi caixeiro depois foi Rei Congo com sua irmã Alice.

Primeira formação da Guarda de Moçambique:

  • Maria de Lourdes dos Santos – Rainha Conga
  • Dona Maria Genove – Rainha de São Benedito
  • Dona Expedita – Rainha de Santa Efigênia
  • Dona Isabel – Rainha da Estrela
  • Dona Clotilde – Rainha de Nossa Senhora do Rosário
  • Jairo, Geraldo e João – Caixeiros
  • Jovelina – Capitã
  • Divina – Secretaria
  • Ze Faustino (Bigode) – Capitão
  • Zé Custodio Branco – Presidente
  • Dona Diva – Fé de Bandeira por 25 anos e atual Rainha de Santa Efigênia.

 

Ainda na primeira fase da Guarda entra Dona Conceição – Rainha de São Jorge e Capitã de fileira, está na Guarda fazem 35 anos e é quem puxa as novenas e também serve de exemplos para as novas gerações.