Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress (Folha de São Paulo)

Músico, pesquisador, produtor musical e DJ Tudo

Alfredo Bello, primeiramente Luiz Alfredo Coutinho Souto, é instrumentista, produtor musical e pesquisador de expressões tradicionais brasileiras – das populares e folclóricas à música eletrônica. Através de pickups, baixo e laptops, assim ele se manifesta como DJ Tudo criando uma sonoridade rara misturando e sobrepondo música tradicional e eletrônica de uma maneira única.

A coleção do selo Mundo Melhor hoje tem mais de 2.000 horas de gravações originais em audio e vídeo, além disso uma coleção de 20.000 LPs, assim sendo é considerada uma das coleções etnomusicológicas mais importantes da música tradicional no Brasil. A reunião deste vasto material levou à criação do selo Mundo Melhor , documentando as tradições de várias comunidades em todo o Brasil. “A música brasileira, decerto é um dos mais variados e ricos universos culturais e sonoros da terra” afirma o artista.

Seja através da sua coleção de 20.000 mil vinis ou gravando expressões de tradição popular viajando pelo Brasil, de vários estados como:

Seja através da sua coleção de 20.000 mil vinis ou gravando expressões de tradição popular viajando pelo Brasil, de vários estados como:
– Minas Gerais: Congados – Moçambiques, Congos, Congadas, Catupes, Guardas de Caboclos, Penachos,
Vilões, Bois de Reis, Bois de Janeiro, Folia de Reis e Terreiros de Umbanda e Candomblé.
– Pernambuco: Maracatus, Caboclinhos, Cavalo Marinho, Afoxés, Pretinhas do Congo, Penitentes,
Bandas de Pife, Urso, Candomblés, Juremas e Índios Pankararu e Fulni-ô
– Sergipe: Samba de Cocô, Samba de Pareia, Samba de Aboio, Batalhão de Bacamarteiros, Maracatu,
Terreiro de Nagô, Taieiras, Cacumbi, Cheganças, Reisados, Guerreiros e Bandas de Pife.
– Pará: Carimbós, Bambaê do Rosário, Marierrê, Banguês, Marujada, Ladainhas, Folia de São
Benedito, Cordão de Passaro, Boi Bumbá e Samba de Cacete.
– Santa Catarina: Catumbi.
– Espírito Santo: Bandas de Congo e Folia de Reis.
– Paraíba: Cambindas, Negros do Rosário e Tribo de Índio.
– Piauí: Congo de Oeiras.
– São Paulo: Batuque, Jongos, Folia de Reis, Dança de São Gonçalo, e Congados – Moçambiques, Congadas e Embaixada de Carlos Magno.
– Brasília: Bumba Meu Boi e Cacuriá.
– Rio Grande do Norte: Congo de Calçola, Boi Calemba, Espontão (Negros do Rosário) e Cocô de
Zambê.
– Rio Grande do Sul: Maçambique de Osório-RS.
– Bahia: Zambi Apunga, Penitentes (Terno de Almas), Dança de São Gonçalo e Banda de Pife.
– Rio de Janeiro: Jongos e Folias de Reis.
– Ceará: Banda Cabaçal, Reisados e Cocos.
– Maranhão: Bumba Meu Boi, Tambor de Mina, Dança de São Gonçalo, Ladainhas, Benditos, Tambor de
Crioula e Caroço.
– Goiás: Congados –Ternos de Congo, Catupês Catunda, Vilões, Moçambiques, Penacho e Embaixada, Catira, Folias de Reis, Sussa e Rezas dos KALUNGAS, comunidade quilombola.
– Alagoas: Baianas, Samba de Matuto, Cambindas, Penitentes, Matutinhas, Caboclinhas, Terreiros de Umbanda, Mané do Rosário, Pagodes e Índios Kariri-Xocó.

Na Virada Cultural da cidade de São Paulo do ano de 2007, ficou respónsavel pela programação de grupos tradicionais e organizou a Missa Conga que aconteceu no Centro de São Paulo. Fez parte da Comissão que indicou os projetos do AVON Cultura de Vida. Organizou uma Missa Afro na Igreja da Sé em São Paulo no dia 20 de Novembro, com a presença de oito grupos do Estado de São Paulo.
Em 2012 trabalhou como curador do projeto internacional para a ParaOlimpiada de 2012 em Londres, UNLIMITED, onde artistas brasileiros contribuiram com artistas de outros 06 países para uma instalação multimedia no SouthbanK Centre durante a Para Olímpiada.

Cursou Música na Universidade de Brasília, tendo primeiramente estudado Sociologia por três anos, época em que teve o grupo “Os Cachorros das Cachorras”, um dos mais importantes da cena de música pop de Brasília dos anos 90, que então tocou por várias cidades do Brasil, posteriormente indo até a Alemanha em 1998.
Igualmente nesse período tocou na Big Band e Orquestra de Câmara da UnB. Graduou-se no seu principal instrumento, o Contrabaixo Acústico e assim sendo continua tocando baixo elétrico e sintetizadores, já que possui uma pequena coleção de moogs, korg e orgãos antigos.

Quando estudante universitário gravou algumas trilhas para curtas universitários na UnB. Então no ano de 2003 fez a trilha para a campanha de divulgação da Mostra SESC de Artes Latinidades. Assim sendo em 2004 fez trilha para a VR. Em 2005 fez uma trilha em parceria com Luiz Gayotto para um documentário do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo. Assim em 2007 em parceria com Luiz Gayotto compos a trilha do curta “Profetas da Água e da Esperança”, do qual já ganharam 3 prêmios pela trilha.

Assim sendo em 2008 fez em parceria com Simone Sou, a trilha para a FORD do Salão do Automovel de São Paulo e fez a trilha e direção musical do espetaculo “PEDRINHO DO CAPÃO”, com 100 crianças da Zona Sul de São Paulo. Igualmente no ano de 2009 começa a fazer trilhas sonoras para longa metragens do cinema brasileiro. Ao lado de Simone Sou e Marcelo Monteiro, teve o Projeto Cru, cujo CD é a trilha do filme de Beto Brant “O Amor segundo B. Schanberg”. Posteriormente em 2011 fez a trilha do filme de Beto Brant “Eu receberia as piores notícas de seus lindos lábios”.    Portanto em julho de 2011 fez a trilha para a tetralogia teatral do diretor amazonense Francicso Carlos “Jaguar Cibernético”

PRÊMIOS

2007 – Prêmio Mestre Duda de Culturas Populares do Ministério da Cultura pelos registros e lançamentos dos CDs do selo Mundo Melhor
2007 – Prêmio Estimulo de Música da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo para a realização do CD “GARRAFADA” do DJ Tudo
2007 – Prêmio do PAC de Culturas Tradicionais da Secretaraia de Cultura do Estado de São Paulo para
realização do CD do “Moçambique de São Benedito do Marechal de Cunha-SP”
2008 – Prêmio do PAC de Sites de Cultura para a reformulação do site do selo Mundo Melhor, www.selomundomelhor.org.
2008 – Prêmio do PAC de Culturas Tradicionais da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo para realização do CD “Congado em Mogi das Cruzes-SP”
2009 – Bolsa para residência artística na Inglaterra do British Council realizada em novembro e dezembro de 2009.
2010 – Prêmio do PAC de Culturas Tradicionais da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo para realização do CD “Festa de São Benedito em Aparecida-SP”

PRODUÇÃO MUSICAL

Já gravou ou tocou com Lee Scratch Perry, Adrian Sherwood, Otto, Mad Professor, Marku Ribas, Apollo 9, Trupé Chã de Boldo, Pedra Branca e muitos outros. Produziu os álbuns de Junio Barreto, Gero Camilo, Carlos Zimbher, Cerébro Eletrônico, Ligiana, Porcas Borboletas e Ortinho entre outros.

MÚSICO

Como músico toca Baixo acústico, elétrico, samplers, teclados e programações. Já participou de trabalhos como músico acompanhando e/ou gravando Lee Scratch Perry, Gilberto Gil, Otto, Mexican Institute of Sound, Junio Barreto, Marku Ribas, Ortinho, Apollo 9, Porcoas Borboletas, Gero Camilo, Ligiana, Adrian Sherwood, Consciência Humana, Posse Mente Zulu, Selma Reis,.
Tocou por anos com as bandas Dona Zica e Pedra branca. Em 2002 e 2003 fez parte da Orquestra Scotland Brasil, projeto do British Council, formada por dezesseis músicos brasileiros e escoceses que excursionaram pelo Brasil, Escócia e Inglaterra. Todavia em 2006 fez parte do Projeto Pixinguinha acompanhando Luiz Gayotto, como resultado tocou pelo Norte do País e fazendo o show de encerramento de 2006 do Projeto.              Entretanto em 2007 acompanhou o cantor e compositor Marku Ribas entre outros trabalhos.

DJ Tudo nasceu da adição de baixo, samplers, percussão, teclados e programação a esse conhecimento musical, um projeto que busca novas experiências artísticas ao combinar primeiramente música  tradicional brasileira com música eletrônica e música do Mundo, criando uma maneira única de ser um DJ, mixando e sobrepondo tradição e música eletrônica contemporânea inesperadamente.

Assim sendo em Julho de 2008 lançou o CD “GARRAFADA” com suas produções de remixes e criações de Cultura Tradicional e de artistas já produzidos por Alfredo Bello. Posteriormente em novembro de 2009 realizou através do British Council  residência artística em Londres, Glasgow e  cidades da Europa com músicos da cena musical, além disso, no mesmo período foi para Dacar-Senegal. Com esse material lançou seu segundo albúm “Nos quintais do Mundo” de 2010 ,que fez no Brasil, Europa e África.

Em 2012 lançou o DVD “Nos quintais do Mundo Melhor” dirigido pelo cineasta Beto Brant, em 2014 lançou o disco “Pancada Motor – Manifesto da Festa” e em 2015 o disco “Gaia Musica volume 1 – Brasil, Norte da Índia, Indonésia e Mali”. 2016 é o ano do lançamento do EP “Pra Iemanjá” e, posteriormente em 2017, “Gaia Musica vol.2 – Brasil, Marrocos” é lançado. Ao todo são 6 Cds, 1 EP e 1 DVD do DJ Tudo:

Garrafada 2008
Nos Quintais do Mundo 2010
– DVD Nos Quintais do Mundo Melhor 2012
Pancada Motor – Manifesto da Festa 2014
Gaia Musica vol. 1 – Brasil, North India, Indonesia and Mali 2015
Pra Iemanjá EP 2016
Gaia Musica vol.2 – Brasil, Marrocos 2017

APRESENTAÇÔES

– Palestra e discotecagens no México em fevereiro de 2020 .                               – Shows de lançamento do Gaia Musica volume 2 em outubro de 2019 na Bélgica.
– Palestras, discotecagens e concertos por 06 países da Europa em agosto e setembro de 2017.
– Discotecagem e participação no Culture Summit 2017, encontro Mundial sobre cultura e desenvolvimento em Abu Dhabi.
– Shows, discotecagens e palestras sobre cultura brasileira em novembro e dezembro de 2015 por Eslováquia, República Tcheca, Aústria, Holanda. Bélgica e Marrocos.
– Lançamento do disco “Gaia Musica volume 1 – Brasil, Norte da Índia, Indonésia e Mali”, primeiro disco de uma série de encontros entre culturas, novembro de 2015.
– Shows e discotecagens no estado de São Paulo e outros estados do Brasil por todo o ano de 2015.
– Shows na Bélgica junto com Gnawas de Marrocos em janeiro de 2015 e em fevereiro projeto “Deqqa do Brazil” em Casablanca- Marrocos.
– Show em Nova Déli em novembro de 2014.                                                           – Tournê na Europa em junho e julho de 2014 sobretudo nos Festivais Roskilde na Dinamarca e Couleur Café na Bélgica.
– Lançamento do novo disco “Pancada Motor “Manifesto da Festa”, mixado quase todo por Mad Professor em Londres, março de 2014.
– Tournês na Europa e África do Sul em 2013, tocando com a banda, discotecando e dando palestra sobre cultura brasileira, destaca-se o show a convite da BBC no Festival WOMAD na Inglaterra.
– Tournê em 2012 pela Europa e Ásia como DJ por mais de 10 países.
– Lançamento do DVD “Nos quintais do Mundo Melhor” portanto em junho de 2012 com direção de Beto Brant.
– Outubro e novembro de 2011 representou o Brasil no Europalia, “Ano do Brasil na Bélgica” fazendo 5 shows e dando duas palestras sobre Cultura Brasileira.
– Gravação de DVD em julho de 2011 no Auditório Ibirapuera dirigido pelo cineasta Beto Brant.
– Tourne em Portugal em julho de 2011 por 5 cidades
– Abril e Maio de 2011 idas a Eslovenia, Paris e decerto Madri para fazer palestras sobre cultura brasileira e discotecagem.
– Show e direção musical no espetáculo “FUTURIVEL” decerto com Giberto Gil, Banda de Pife Princesa do Agreste de Caruaru-PE, Macaco Bong e sua banda DJ Tudo e sua gnete de todo lugar em novembro de 2010.
– Show no Porto Musical, Recife em fevereiro de 2011.
– Show no Mercado Cultural de Salvador em dezembro de 2010.
– Feira da Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário, enquanto em junho de 2010, em Brasília.
– Tournê nos Estados Unidos, pois tocou em setembro e outubro de 2010 por Chicago, Nova York e Washington.
– Shows de lançamento do albúm “Nos quintais do mundo” em maio e Junho por várias cidades de São Paulo, Minas Gerais, Pará e Brasília
– Shows no Circuito Cultural Paulista de São Paulo, maio de 2010.
– Tournê Européia por 06 países diferentes, outubro e novembro de 2009.
– Shown no Conexão Vivo pelo Brasil em 2009.
– Show na Virada Cultural de São Paulo, maio de 2009.
– Feira da Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário, então em novembro de 2008, no Rio de Janeiro.
– Festival BRASILNOAR em Barcelona-Espanha em novembro de 2008.
– Projeto PHUSION no CCBB do Rio em Agosto de 2008, junto com Marcos Valle.

Contatos:

alfredobello@gmail.com